Distribuidores de TI: concordata e compra

O mercado de distribuidores de TI no brasil está movimentado nos últimos dias. A Office distribuidora, do grupo Ideiasnet, entrando em recuperação judicial, e a Ingram Micro comprando a Ação Informática.

Alguns detalhes:

A Officer, uma das maiores distribuidoras nacionais de produtos de informática, entrou em concordata na última sexta-feira, 19, após oficializar o seu pedido de recuperação judicial.

A decisão vem no rastro de um endividamento líquido de R$ 148,3 milhões no final do primeiro semestre de 2015 e um prejuízo acumulado de R$ 21 milhões no período. O faturamento da companhia ficou na casa dos R% 570 milhões. A informação é do Valor.

O resultado divulgado está bem abaixo das previsões da companhia, que tinha uma receita esperada de R$ 1,5 bilhão para 2015.

Segundo a Ideiasnet, controladora da Officer, os maus resultados vieram em decorrência do agravamento da crise econômica pela qual o país passa, assim como o atraso no recebimento de faturas e a dificuldade de estabelecer políticas razoáveis de financiamento para seus clientes.

Já a Ingram Micro chegou a um acordo definitivo para adquirir o Grupo Ação, distribuidora brasileira de produtos de informática que tem em seu portfólio marcas como IBM, Oracle, Red Hat, EMC, HP Enterprise e VMware.

Com sede em São Paulo, a companhia comprada é uma das líderes na distribuição de valor agregado (VAD, na sigla em inglês) na América Latina. Seu portfólio inclui serviços de integração, suporte de vendas e serviços financeiros. A empresa possui operações no Brasil, Colômbia, Argentina, Chile, Peru, Uruguai e Equador.

A transação, que está sujeita às habituais condições regulatórias e outras premissas de fechamento, deve ser concluída no final do quarto trimestre de 2015. A expectativa é que a Ação contribua com mais de US$ 300 milhões no faturamento anual de soluções de valor agregado da Ingram Micro e com um acréscimo nos ganhos anuais por ação em 2016.

Via Computer World e Baguete, com edição da Sellmore.