Altas taxas de desemprego? Hora certa para contratar os melhores vendedores

Em virtude da desaceleração econômica no país estamos enfrentando repetidas taxas recorde de desemprego. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, apontou 11,2% no trimestre encerrado em maio deste ano, o resultado mais alto da série histórica iniciada em março de 2012.

Como a economia se movimenta em ciclos, é importante ter uma visão clara de como tirar o melhor de cada momento que estamos passando, e reforçar nossos times comerciais tanto para os momentos de dificuldade quanto para uma prevista retomada do crescimento.

Como consultores, recomendamos sempre aos nossos clientes manter um processo contínuo de busca de novos vendedores, estejam com vagas abertas ou não. Nunca se sabe quando uma estrela do time vai pedir demissão, ou mesmo quando um excelente profissional em busca de oportunidade vai bater a nossa porta.

Desta forma, seguem algumas recomendações que devem ser consideradas em momentos de alto índice de desemprego e podem melhorar sua equipe comercial:

  • Há uma grande oferta de profissionais para uma baixa demanda de contratações. Isso possibilita contratar bons profissionais a salários menores;
  • Profissionais em busca de emprego geram excelentes oportunidades de entrevistas. É a hora ideal para substituir aquele vendedor de baixa performance por um mais motivado, que queira render e está procurando espaço;
  • Hora de pensar no “fazer mais com menos”. Se você precisa reduzir o número de vagas no seu time por questões de orçamento, trocar dez profissionais médios por cinco de alta performance pode ainda aumentar o seu resultado geral com menor custo por venda;
  • Dúvidas sobre trocar um vendedor mais fraco do time? Lembre-se que o novo profissional que chega você até não sabe o que esperar dele, mas do atual (que é pouco) você já sabe. Você pode se surpreender;
  • O vendedor que ajudou você a bater a meta há dois anos pode não ser o mesmo que você precisa para bater a meta deste ano. Em época de crise e retomada lenta, os clientes retraem as aquisições e é necessário ter cada vez mais profissionais inteligentes e preparados que façam vendas consultivas. Estas figuras são mais raras, mas estão por aí buscando oportunidades.

Por isso, interprete o que os momentos de retração do mercado trazem de positivo, e aproveite para manter o seu time de vendas sempre bem qualificado.

Renato Schirmer é consultor e palestrante da Sellmore, empresa especializada em aceleração de vendas consultivas B2B. Com mais de 15 anos de experiência em gestão de vendas, é formado em administração de empresas com ênfase em economia e MBA em Gestão de Negócios pelo IBMEC/RJ.